A Igreja Católica manipulou os 10 mandamentos ?


A Igreja não mudou Mandamento nenhum. Esta é uma velha mentira protestante para enganar trouxa. Foi Jesus quem mudou os Mandamentos e não a Igreja Católica.

A Igreja não mudou Mandamento nenhum. Esta é uma velha mentira protestante para enganar trouxa. Foi Jesus quem mudou os Mandamentos e não a Igreja Católica.


Disse Jesus: "... Se queres entrar na vida, observa os Mandamentos. - Quais?, perguntou o jovem rico. Jesus respondeu:


1. Não matarás,
2. não cometerás adultério,
3. não furtarás,
4. não dirás falso testemunho,
5. honra teu pai e tua mãe,
6. amarás teu próximo como a ti mesmo. (Mt 19,17-19)


E ainda, mais resumidamente ainda:


"Mestre, qual é o maior mandamento da lei? Respondeu Jesus:


1. Amarás o Senhor teu Deus de todo teu coração, de toda tua alma e de todo teu espírito (Dt 6,5). Este é o maior e o primeiro mandamento. E o segundo, semelhante a este, é:


2. Amarás teu próximo como a ti mesmo (Lv 19,18).
(Mt 22, 36-39)


Isso é para os mentirosos protestantes saberem que:


1- Não existe ordem para os Mandamentos;
2- Os mandamentos na Bíblia Católica estão dispostos exatamente como estão dispostos na bíblia protestante que eles copiaram dos católicos;
3- Que o que o Catecismo ensina, é apenas uma norma disciplinar da Igreja, os Mandamentos de Deus são outra coisa.

Alguns protestantes afirmam que a Igreja alterou o Decálogo, os 10 Mandamentos que Deus deu a Moisés, e que Cristo os tornou perenes e necessários para a salvação. Jesus disse ao jovem rico: “Se queres entrar para a Vida, guarda os mandamentos”, citando em seguida os preceitos que se referem ao amor do próximo: “Não matarás, não adulterarás, não roubarás, não levantarás falso testemunho, honra pai e mãe”.

Leia também: Os Mandamentos de Deus

Quais são os Dez Mandamentos?

Finalmente, Jesus resume estes Mandamentos de maneira positiva: “Amarás o teu próximo como a ti mesmo” (cf. Mt 19,16-19). É preciso ressaltar que a Igreja nunca alterou a numeração dos Mandamentos, uma vez que essa numeração nunca existiu. Já os capítulos e versículos da Bíblia foram elaborados e enumerados pela Igreja Católica. A própria Bíblia mostra que não se preocupa com a ordem numérica dos Mandamentos (cf. Êx 20,1-7.17; Dt 5,6-21).

reforma_protestanteAssista também: Os mandamentos de Deus estão fora de moda?

A tradição Judaica antiga revela que a divisão dos mandamentos variava. A Igreja apenas segue a divisão feita por Santo Agostinho de maneira catequética para facilitar o seu entendimento. “A Antiga Lei é o primeiro estágio da Lei revelada. Suas prescrições morais se acham resumidas nos Dez Mandamentos” (CIC, §1980).

Retirado do livro: “Para Entender a Reforma Protestante”. Prof. Felipe Aquino. Ed. Cléofas.

Por que existem diferenças entre a versão católica dos dez mandamentos e a versão protestante?

– Por que existem diferenças entre a versão católica dos Dez Mandamentos e a versão protestante? (Anônimo)

O fato de os cristãos enumerarem diferentemente os Dez Mandamentos não deveria nos surpreender. A própria Bíblia oferece versões levemente diferentes do Decálogo em Êxodo 20,1-17 e Deuteronômio 5,6-21.

Em Êxodo, a esposa de um homem está incluída entre as suas posses, como parte do seu patrimônio doméstico. Em Deuteronômio, a esposa é distinguida das posses de um homem. Se você seguir o Êxodo, a proibição de cobiçar a esposa do próximo e a sua propriedade pode ser contada como um só mandamento. Se você seguir o Deuteronômio, ambos [esposa e propriedade] podem ser contados como dois mandamentos separados. Esta é a principal diferença em ênfase.

Mas se o número bíblico “Dez” deve ser mantido (Deuteronômio 4,13; 10,4; Êxodo 34,28), então o que é apontado como um simples mandamento em um livro deve ser dividido em dois no outro. Os católicos e luteranos geralmente seguem a contagem do Deuteronômio, distinguindo esposa e propriedade como dois mandamentos diferentes.

A maioria dos protestantes, porém, consideram esses dois como um só e dividem a proibição contra os ídolos e a adoração de falsos deuses como dois mandamentos distintos, algo que os católicos e luteranos consideram como um só.

Interessantemente, os judeus modernos adotaram uma terceira rota: eles separam a frase introdutória “Eu sou o Senhor seu Deus” (Êxodo 20,2; Deuteronômio 5,6) da proibição de falsos deuses e ídolos, considerados ambos como um só mandamento; e os mandamentos proibindo a cobiça da esposa do próximo e da sua propriedade são enumerados também como um só mandamento.

Como quer que seja, os católicos, os protestante e os judeus aceitam o Decálogo por inteiro. Diferem apenas na forma como os seus elementos são enumerados – algo que, tendo em vista o que estes três grupos guardam em comum, é insignificante.

Fonte: http://www.veritatis.com.br/por-que-existem-diferencas-entre-a-versao-catolica-dos-dez-mandamentos-e-a-versao-protestante/


Veja mais:

 

A Igreja Católica alterou os Dez Mandamentos?

Por que existem diferenças entre a versão católica dos dez mandamentos e a versão protestante?

A Igreja Católica alterou o Decálogo?

 

VEJA TAMBÉM:
TELEMENSAGENS DE ANIVERSÁRIO COM FUNDO MUSICAL CATÓLICO