O que a Igreja e a Bíblia fala sobre tatuagens?


A Bíblia fala sobre tatuagem apenas uma vez, no livro de Levítico: "Não façam cortes no corpo por causa dos mortos nem tatuagens em vocês mesmos. Eu sou o Senhor". - (Levítico 19, 28). A passagem em Levítico revela uma proibição muito particular para o povo de Israel. Como várias outras proibições (como sobre o que comer, ou vestir, por exemplo) esta tinha o objetivo de separar o povo de Deus dos outros povos e não é diretamente aplicável a nós hoje? Deve nos fazer pensar.

Bíblia fala sobre tatuagem apenas uma vez, no livro de Levítico:

"Não façam cortes no corpo por causa dos mortos nem tatuagens em vocês mesmos. Eu sou o Senhor". - Levítico 19,28

A passagem em Levítico revela uma proibição muito particular para o povo de Israel. Como várias outras proibições (como sobre o que comer, ou vestir, por exemplo) esta tinha o objetivo de separar o povo de Deus dos outros povos e não é diretamente aplicável a nós hoje. Mas deve nos fazer pensar.

Pelo contexto do texto do Levítico (e também de Deuteronômio 14,1-2) vemos que as marcas no corpo tinham relação com os rituais pagãos que envolviam a necromancia (consulta aos mortos; o mesmo que hoje é chamado de "mediunidade"). As marcas no corpo faziam parte da vinculação da pessoa à crença nos deuses e na prática dos seus rituais pagãos, e os simbolizavam.

Já o dragão, um dos temas preferidos para as "tattoos" atuais, no contexto bíblico, representa o demônio. Porém, mais importante do que saber aquilo que a Bíblia diz literalmente, é entender que não é recomendável que um cristão marque seu corpo para o resto da vida com tatuagens, pois o seu corpo é Templo do Espírito Santo, como diz São Paulo Apóstolo em sua primeira carta aos coríntios:

"Não sabeis que o vosso corpo é templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por bom Preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus." (1Cor 6,19,20)
 
Como cristãos, devemos buscar e nos identificar com Jesus e seguir o seu exemplo, e não com os modismos do mundo: "Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas me convêm; todas as coisas são lícitas, mas nem todas as coisas edificam" (1Cor 10,23).
 
"Rogo-vos, pois, irmãos, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos adapteis a este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus." (Rm 12,1,2)

Então, o Católico pode ou não pode fazer tatuagem?

 

 

O novo testamento não aborda diretamente a questão das tatuagens. Hoje o cristão está sob a nova aliança, e portanto tudo lhe é permitido, mas nem tudo lhe convém (1 Coríntios 6,12). É aí que cada um deve analisar seus motivos e perguntar a si mesmo: De que maneira estarei exaltando a Cristo fazendo uma tatuagem?

Uma tatuagem é uma coisa permanente (ou quase - remoções são processos muitas vezes caros, dolorosos e ineficazes). Por isso, pense muito bem antes de tomar a decisão de fazer uma tatuagem.

Se você pertence a uma igreja, fale com o seu padre, ou alguém da liderança, que pode te orientar nessa decisão em conformidade com sua denominação.

Já fiz, e agora?

Em nenhum lugar a Bíblia diz que fazer tatuagem é um pecado imperdoável. Se você fez tatuagem, antes ou depois de se converter, e sentiu convicção da parte do Espírito Santo de que foi um erro, você recebe perdão ao confessar isso. Não precisa se martirizar, Cristo ja morreu por você. Quem encobre seus pecados jamais prospera, mas quem confessa e deixa alcança misericórdia. (Provérbios 28,13).

Lembre o que Paulo disse em 1 Coríntios 10, 31:

Assim, quer vocês comam, quer bebam, quer façam qualquer outra coisafaçam tudo para a glória de Deus.

É possível eu fazer uma tatuagem para a glória de Deus? Se você conseguir responder a essa pergunta, e o Espírito Santo lhe der uma consciência tranquila sobre o que está fazendo, você é livre para fazer uma tatuagem.

Recorde também que existem várias passagens que nos dizem que o corpo do cristão é algo especial, que deve ser tratado com respeito e que é o templo do Espírito Santo (1 Coríntios 6,19).