Filme: De ateia a Católica, Santa Benedita da Cruz - A Sétima Morada


O filme conta a História da Santa Benedita da Cruz, mais conhecida pelo nome de Santa Edith Stein. Juntamente com Santa Brígida e Santa Catarina de Sena é uma das \"Patronas da Europa\". Essa mulher nasceu judia e, com o passar dos anos, se tornou ateia. Entretanto, sempre buscou a verdade. Tentou encontrá-la na psicologia nascente, sem sucesso. Era uma época em que a busca da verdade, do conhecimento direto das coisas, estava um tanto desacreditada. Ela foi procurar na filosofia da escola de Gottingen, liderada por Edmund Husserl. A candidata surpreendeu Husserl por compreender sua difícil obra, e logo se tornou a professora do “jardim de infância da fenomenologia”, isto é, ministrava aulas introdutórias. Tornou-se uma grande filósofa, embora com dificuldade para assumir cátedras universitárias por ser mulher e de sangue judeu. Em contato com muitos colegas cristãos, começou a se questionar e, em uma carta à irmã, diz: “vejo que os cristãos são mais felizes”. Um dia, em uma visita à viúva de um colega filósofo, e se impressiona com a esperança e a alegria da mesma, a qual tinha a certeza de que o esposo falecido continuava muito bem. E a virada se deu no dia em que pernoitou na casa de um casal cristão, quando leu a vida de Santa Teresa D’Ávila.

 

Ao terminar a leitura, disse: “aqui está a verdade”. Buscou material de catecismo e, em uma semana, procurou o padre local e pediu para ser batizada. Ele disse que ela precisava fazer catequese, e ela pediu que ele a questionasse sobre a fé. Para o espanto do padre, ela sabia o necessário, e possivelmente muito mais, para ser batizada. Depois de um tempo, foi para o Carmelo, a contragosto da mãe, a qual permaneceu judia. Edith Stein acabou falecendo nos campos de concentração de Auschwitz, junto com uma irmã de sangue, depois da denúncia explícita do holocausto por parte dos bispos holandeses. Elas estavam em um Carmelo em tal país fugindo da perseguição judaica pelo nazismo.


A obra que nos é apresentada no filme pelas Paulinas inicia já na conversão de Edith Stein ao catolicismo. Tem algumas licenças poéticas, como o interesse de um oficial nazista pela protagonista; ou a desconfiança por parte de muitas irmãs religiosas e da própria família de que Edith Stein estivesse buscando no Carmelo uma fuga do nazismo. Um dado novo da biografia dela que a película me lançou foi a influência da reformadora do Carmelo, Santa Teresa D´Ávila, na vida de Edith Stein. Normalmente eu localizava mais tal influência na conversão, mas o filme mostra a vida de Edith Stein a partir da conversão, toda ela iluminada pelo caminho de perfeição teresiano. Inclusive, em uma cena, Santa Teresa Benedita da Cruz explica esse caminho a uma irmã carmelita em dúvida se fazia os votos ou não. Stein auxilia a colega, e diz que a última morada ela não havia alcançado, e o filme nos mostra que tal morada seria encontrada, ao menos no caso dela, com a morte.

Uma parte da biografia muito bem apresentada no filme é que essa santa, nascida judia, nunca negou o sangue judeu e, após a conversão ao cristianismo, passou reler o judaísmo à luz de Jesus Cristo. Assim, ela, mesmo depois de cristã, frequentava a sinagoga quando visitava a mãe. No filme ela aparece rezando uma oração judaica com a irmã na grade de visita do Carmelo. Pouco ressaltada no filme, o qual sempre é limitado pelo tempo, foi a importância do testemunho dos amigos, fundamental para ela dar o “benefício da dúvida” ao cristianismo.


Para aqueles que desejam conhecer um pouco da vida dessa santa, indico esse filme. Não é muito dinâmico, mas podemos falar que representa o externo da vida dessa santa, pois foi uma vida primariamente de estudo e oração, atividades essas não muito dinâmicas para quem olha de fora. Entretanto, internamente, se permitimos e relacionamos o estudo e a oração com a vida, essas realidades geram grandes mudanças na vida, exatamente o que ocorreu com ela. O vídeo está disponível nas Paulinas, em DVD, e também no youtube. Bom filme a todos!

 

 

 

ASSUNTOS RELACIONADOS