Quem foi Papai Noel? Será que ele realmente existiu?


O verdadeiro Papai Noel se chama Nicolau Taumaturgo de Mira viveu no século III, na Ásia Menor, onde hoje fica a Turquia. Seus pais, gravemente enfermos, morreram quando ele era ainda adolescente, mas lhe deixaram uma grande fortuna por herança. De fato, os pais de Nicolau haviam sido bons católicos e lhe ensinado bem sobre Jesus Cristo e sua Igreja. "Ensina a criança no Caminho em que deve andar, e até a velhice não se desviará dele" (Pv 22,6). Assim, Nicolau, piedoso, guardou sempre os bons ensinamentos recebidos, e enquanto crescia, procurava seguir Jesus em todas as decisões de sua vida. Passou a distribuir sua riqueza entre os mais pobres. Empenhava-se, entretanto, em ajudar secretamente, para que ninguém pudesse lhe agradecer, porque não visava as honras e recompensas do mundo, mas as do Céu.

Um caso famoso, sempre relatado em suas biografias, mostra como ele ajudava aos sofredores. Segue-se:

Ocorre que, na cidade de Patara, havia um rico comerciante que tinha três filhas; quando estas cresceram, tornaram-se formosas, mas, bem por esta época, as transações comerciais de seu pai fracassaram, até que ele chegou à completa falência. Teve então o comerciante a criminosa ideia de usar a beleza das filhas para obter os meios de sobrevivência de que necessitava. São Nicolau soube do plano e decidiu salvar tanto o pai quanto as filhas de tal pecado e vergonha.

À noite, camuflou-se com uma capa (vermelha?) e foi à casa do comerciante falido. Não consta que tenha descido pela chaminé, mas fez quase isso: jogou pela janela um saco não com presentes, mas com moedas de ouro. Algumas versões dão conta de que isto se deu na véspera do Natal. Fato é que o comerciante, achando o ouro, com grande alegria preparou o enxoval da filha mais velha e assim arranjou-lhe um bom casamento. Para tanto, naquela época, era preciso que a noiva tivesse um bom dote. Algum tempo depois, São Nicolau novamente jogou outro saco com ouro para dentro da casa do comerciante, o suficiente para o enxoval e casamento da segunda filha. Quando São Nicolau, repetindo o mesmo plano, jogou o terceiro saco com ouro para a filha mais nova, o comerciante, desconfiado, já estava à sua espera. Prostrando-se diante do santo, agradeceu-lhe, com lágrimas que lhe desciam copiosamente pelas faces, a salvação da família de um horrível pecado e da grave vergonha a que se submeteria perante toda a cidade.

Após o casamento das três filhas, o comerciante conseguiu enfim recuperar seus negócios, e começou a ajudar também seus próximos, imitando o exemplo de seu benfeitor.

Vemos claramente como o episódio descrito acima, em muitos aspectos, deu origem às lendas que conhecemos sobre o Papai Noel. A conclusão da história deste santo, que é especialmente querido pelos ortodoxos e em particular pelos russos, é a seguinte: em certo ponto, ele acabou por vender todas as suas posses para dar o dinheiro aos mais necessitados. Ele, que desde a morte dos pais havia se aproximado de seu tio, o bispo da cidade de Patara, foi logo ordenado sacerdote, e terminou por se tornar, ele próprio, o Bispo de Mira.

Homem tão bondoso e caridoso, Nicolau foi sempre amado por todo o povo, e conta-se que realmente gostava de distribuir presentes entre as crianças. Faleceu no dia 6 de dezembro de 343, sendo o aniversário de sua morte o dia de São Nicolau (a propósito, era exatamente na véspera deste dia que eu pendurava minha meia na janela, para reencontrá-la na manhã seguinte abarrotada de doces e balas). Assim, influenciados pela popularidade de São Nicolau na Europa, os imigrantes europeus trouxeram sua história e suas tradições para a América. Eis a origem do nome Santa Claus (corruptela de Saint Nikolaus/St. Niklaus) que o Papai Noel tem em inglês. Com o passar dos tempos, outras lendas e mitos sobre ele foram sendo acrescentadas à sua verdadeira história, e assim apareceu o "Papai Noel" dos dias de hoje.

Conclusão

Observemos bem, então, que o Papai Noel não precisa ser, – e realmente não é!, – um inimigo de Cristo e/ou do verdadeiro sentido do Natal. O fato de celebrarmos o nascimento de Jesus no Natal não nos impede de mostrar admiração pelas vidas que foram transformadas por Cristo Salvador de todos os homens. São vidas de pessoas que demonstraram compaixão e verdadeira caridade por causa de sua fé e sua vida na Igreja. São Nicolau, o Papai Noel, foi simplesmente uma destas pessoas!

Então, talvez o problema não esteja na figura do Papai Noel em si, mas sim na importância que se dá a ele ou na maneira equivocada com que ele vem sendo entendido. Será que considerar a verdadeira história da vida do Papai Noel/São Nicolau não poderia enriquecer ainda mais as celebrações de Natal em família, com nossas crianças, ao invés de afastar do verdadeiro significado do Natal?

Nós, do apostolado "Fiel Católico", não temos dúvidas de que São Nicolau foi um excelente exemplo de verdadeiro seguidor de Jesus Cristo e membro de sua Igreja. Mais do que isso, entendemos que simplesmente esclarecendo os fatos é possível virar o jogo, sim, transformando esta figura que vem sendo usada tão ardilosamente por nosso inimigo em mais um instrumento a favor de Nosso Senhor e de sua Igreja. Um feliz Natal do Senhor a todos!

Fonte: http://www.ofielcatolico.com.br/2005/12/papai-noel-inimigo-de-cristo.html

 

VEJA MAIS AQUI:

 

Papai noel e são nicolau

http://www.veritatis.com.br/inicio/espaco-leitor/papai-noel-e-sao-nicolau/

Paranóia protestante e a origem do natal

http://www.veritatis.com.br/inicio/espaco-leitor/paranoia-protestante-e-a-origem-do-natal/

 

 

Qual é o melhor presente que podemos ofertar a Jesus?

Na Santa Ceia, narrado nos quatro capítulos, de 14 a 17, pelo evangelista São João, despedindo-se dos Apóstolos na véspera de sofrer a Sua dolorosa Paixão...

Por que Deus se fez homem e quis habitar entre nós?

Há várias razões porque Deus se fez homem, e quis habitar entre nós; mas todas elas são devido a Seu amor por nós. O Credo niceno-constantinopolitano, diz...

O Natal é uma festa cristã ou pagã?

COM A PROLIFERAÇÃO de seitas que se proclamam “cristãs” e se apresentam como únicas intérpretes autorizadas da Bíblia, as tradições mais sagradas do...

Destruindo a Mentira ateísta que deuses da Mitologia Grega nasceram no mesmo dia do nascimento de Jesus

O único desses deuses que supostamente nasceu em dezembro foi Mitra, porém não há nenhum registro histórico antigo sobre isso, algum ateu pode nos mostrar ...

Provas Históricas e Lógicas que Jesus realmente nasceu no dia 25 de Dezembro do Ano 1:

Os pesquisadores críticos costumam a afirmar que Jesus provavelmente nasceu no ano 6 a.C. ou talvez até antes. Tal afirmação se baseia na informação forne...

Por que é tão importante celebrar o Nascimento de Jesus? E o que podemos oferecer a Jesus neste Natal?

Um Natal nunca pode ser igual aos outros, pois o menino Jesus sempre tem algo muito novo, uma renovação interior, para trazer ao nosso coração. Enquanto o ...

O que é o Oitava de Natal? E Quando termina o tempo do Natal?

Infelizmente a maioria dos católicos não sabe da importância da “Oitava de Natal”, bem como da Oitava da Páscoa. Como essas duas Solenidades litúrgicas...