Por que só pode existir uma Religião e Igreja Verdadeira?


Há um só Deus, e, portanto, só pode haver uma religião verdadeira, sendo todas as demais falsas.

"1)- Há um só Deus, e, portanto, só pode haver uma religião verdadeira, sendo todas as demais falsas.

2)- Como Deus é infinitamente bom, Ele deve ter deixado sinais bem claros para conhecer qual é a única religião verdadeira, que deve ser una, santa, feita para todos os homens, isto é, que deve ser uma religião para ricos e pobres, cultos e ignorantes, de todas as raças, portanto universal, católica,porque católica quer dizer universal e apostólica, isto é, que vem desde os Apóstolos.

3)- Essa única religião verdadeira tem que ter sido fundada pelo próprio Cristo Deus.Ora, no Evangelho se lê que Cristo fundou a sua Igreja sobre Pedro (Cfr, MT XVI, 16-19) e que prometeu a São Pedro que o demônio jamais venceria a Igreja.

4)- Ora, as seitas protestantes foram fundadas a partir do século XVI (1517). Logo, elas não foram fundadas por Cristo. Pior, elas se rebelaram contra o Papa sucessor de São Pedro, declarando que cada um pode interpretar a Bíblia a seu modo.

5)- Como resultado dessa livre interpretação da bíblia surgiram mais de 40.000 seitas protestantes que se pregam doutrinas contraditórias umas as outras e ainda assim se dizem a “religião verdadeira”, torcem e retorcem o Evangelho a seu bel prazer, desde seita luterana até a seita ""Sabão, Sopa e Salvação"", Cuspe de Cristo, etc...

6)- O que Nosso Senhor ensinou, nos Evangelhos vale para todo o sempre, porque Deus não muda. E os fatos relatados nos Evangelhos foram fatos realmente ocorridos, porque Deus não mente.

7)- Deus está em toda a parte, mas Ele está realmente presente na Sagrada Hóstia, com seu Corpo, Sangue Alma e Divindade. Deus nos fez sociais, e devemos honrá-Lo não só em particular, como também publicamente, pois está escrito: Aquele que se envergonhar de mim perante os homens, eu também me envergonharei dele na presença de meu Pai ( Lucas 9,26).

8)- A prática da religião exige que aceitemos as cruzes que Deus nos dá. Aqueles que buscam ser felizes aqui, neste mundo, já receberam a sua recompensa. Jesus nos chamou dizendo: ""Quem quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, tome sua cruz e me siga"".

9)- A verdadeira religião de Nosso Senhor Jesus Cristo deve ter 4 notas essenciais.

9.1 - Deve ser UNA. Deus é um e sua Igreja deve ser una. Una na Fé, ter uma só doutrina. Ter um só Batismo. Um só chefe: o Papa.

O protestantismo não é uno. Ele tem milhares de diferenças doutrinárias. Na realidade, cada protestante tem, cada um, a sua religião particular, na qual cada um é papa, bispo e padre, ao mesmo tempo. Isto é, cada protestante pretende ser e quer ser tudo, e não é nada.

9.2 - Deve ser Santa A Igreja de Jesus Cristo deve ser santa e santificar seus membros através da graça e dos sacramentos.

As seitas protestantes negam, em geral os sacramentos, recusam os santos e não produzem santos. Só a Igreja Católica pode gerar santos.

9.3 - Deve ser Católica Católica quer dizer universal, porque Cristo mandou ensinar e batizar a todos: ricos e pobres, judeus e gentios, de todas as raças, e de todas as condições.

9.4- A Igreja deve ser Apostólica As autoridades da Igreja devem derivar do próprio Jesus Cristo, como sucessoras de Pedro e dos Apóstolos. Jesus Cristo fundou sua única Igreja sobre Pedro a quem disse; ""Tu és Pedro, e sobre essa pedra edificarei a minha Igreja"" (Mt XVI, 16-20).

10)- E Jesus disse a seus Apóstolos: ""Quem vos ouve, a Mim ouve"".

11)- As seitas protestantes são seitas fundadas por homens e não por Jesus Cristo.

“Pregando a Verdade e confirmando os irmãos na verdadeira fé, com a graça de Deus construo Catedrais nas almas para que nelas possam habitar o Espírito Santo de Deus” ( Pierry de Craon).

 

A SUPERIORIDADE DA IGREJA CATÓLICA FRENTE ÀS SEITAS "EVANGÉLICAS"

 

O protestantismo negando tanto a Tradição quanto o Magistério sofre desde os seus primórdios uma desintegração doutrinária assombrosa. Onde Cristo fundou a Igreja Católica sobre a Rocha, Lutero e Cia fundaram a igreja Evangélica sobre a areia movediça da sola scriptura e do livre exame. E logo nas primeiras ventanias, pôs-se a casa dos reformadores a desabar fragorosamente: tábuas lançadas aqui e ali, telha lá e acolá, junturas e cacos em todas as direções.

Vejamos como no princípio deste século, o Reverendíssimo Pe. Leonel Franca já chamava a atenção para este fato, descrevendo lucidamente o processo de desagregação doutrinária do protestantismo, baseado no método da sola scriptura e do livre exame: "Na nova seita (protestantismo) não há autoridade, não há unidade, não há magistério de fé. Cada sectário recebe um livro que o livreiro lhe diz ser inspirado e ele devotamente o crê sem o poder demonstrar; lê-o, entende-o como pode, enuncia um símbolo, formula uma moral e a toda esta mais ou menos indigesta elaboração individual chama cristianismo evangélico. O vizinho repete na mesma ordem as mesmas operações e chega a conclusões dogmáticas e morais diametralmente opostas. Não importa; são irmãos, são protestantes evangélicos, são cristãos, partiram ambos da Bíblia, ambos forjaram com o mesmo esforço o seu cristianismo" ( In I.R.C. Pg. 212 , 7ª ed.).

Vejamos alguns exemplos práticos: um fiel evangélico quer mudar de seita? Precisa-se rebatizar? Umas igrejas dizem sim, outras não. Umas admitem o batismo de crianças, outras só de adultos, umas admitem a aspersão, infusão e imersão. Aquela outra só imersão, e mesmo há grupelho que só admite batismo em água corrente e sem cloro! Aqui e ali as fórmulas de batismo são tão variadas como as cores do arco-íris. Quer o sincero evangélico participar da Santa Ceia? Há seitas que consideram o pão apenas pão (pentecostais) outras que o pão é realmente o corpo de Cristo (Luteranos, Episcopais e outros). Uns a praticam com pão ázimo, outras com pão comum, aqui com vinho, lá com vinho e água, acolá com suco de uva. A Santa Ceia pode ser praticada diariamente, mensalmente, trimestralmente, semestralmente, anualmente ou não ser praticada nunca. Trata-se de ministérios ordenados? Esta seita constitui Bispos, presbíteros e diáconos. Àquela só presbíteros e pastores, alí pastores e anciãos, lá Bispos e anciãos, acolá presbíteros e diáconos, outras não admitem ministro nenhum. Umas igrejas ordenam mulheres, outras não. E por aí, atiram os evangélicos em todas as solfas quando o assunto é ministério ordenado.

Após a morte, o que espera o cristão? Pode um crente questionar seu pastor sobre isto? E as respostas colhidas entre as denominações seria tão rica e variada quanto a fauna e a flora. Há Pastor que prega que todos estarão inconscientes até a vinda de Cristo quando serão julgados; outros pregam o "arrebatamento" sem julgamento; outros, uma vida bem-aventurada aqui mesmo na terra; aqueles lá doutrinam que após a morte já vem o céu e o inferno; no outro quarteirão, se ensina que o inferno é temporário; opinam alguns que ele não existe; e tantas são as doutrinas sobre os novíssimos quanto os pastores que as pregam. Está cansado o fiel da esposa da sua juventude? Não tem importância, sempre encontrará uma seita a lhe abrir risonhamente as portas para um novo matrimônio. E de vez em quando não aparece um maluco aqui e ali aprovando a poligamia?

Lutero mesmo admitiu tal possibilidade: "Confesso, que não posso proibir tenha alguém muitas esposas; não repugna às Escrituras; não quisera porém ser o primeiro a introduzir este exemplo entre cristãos" ( Luthers M.., Briefe, Sendschreiben (...) De Wette, Berlin, 1825-1828, II. 259 ). Não há uma pesquisa nos Estados Unidos que demonstra que entre os critérios para um evangélico escolher sua nova igreja está o tamanho do estacionamento? Eis o que é hoje o protestantismo.

Vejamos neste passo a afirmação de Krogh Tonning famoso teólogo protestante norueguês, convertido ao catolicismo, que no século passado já afirmava: "Quem trará à nossa presença uma comunidade protestante que está de acordo sobre um corpo de doutrina bem determinado ? Portanto uma confusão (é a regra ) mesmo dentre as matérias mais essenciais" ( Le protest. Contemp., Ruine constitutionalle, p. 43 In I.R.C., Franca, L., pg 255. 7ª ed, 1953)

Mas o próprio Lutero que saiu-se no mundo com esta novidade da sola scriptura viveu o suficiente para testemunhar e confessar os malefícios que estas doutrinas iriam causar pelos séculos afora: "Este não quer o batismo, aquele nega os sacramentos; há quem admita outro mundo entre este e o juízo final, quem ensina que Cristo não é Deus; uns dizem isto, outros aquilo, em breve serão tantas as seitas e tantas as religiões quantas são as cabeças" (Luthers M. In. Weimar, XVIII, 547 ; De Wett III, 6l ). Um outro trecho selecionado, prova que o Patriarca da Reforma tinha também de quando em quando uns momentos de bom senso: "Se o mundo durar mais tempo, será necessário receber de novo os decretos dos concílios (católicos) a fim de conservar a unidade da fé contra as diversas interpretações da Escritura que por aí correm" ( Carta de Lutero à Zwinglio In Bougard, Le Christianisme et les temps presents, tomo IV (7), p. 289).

 

______________________________________________________________________

fonte: Veritatis Splendor, https://www.veritatis.com.br/apologetica/protestantismo/983-o-que-sao-as-seitas-protestantes?utm_source=twitterfeed&utm_medium=twitter

Não precisamos de Igreja? A Igreja somos nós? Podemos rezar em casa?

I Timóteo 3,15 “ Todavia, se eu tardar, quero que saibas como deves portar-te na casa de Deus, que é a Igreja de Deus vivo, coluna e SUSTENTÁCULO DA VERD...

Provas bíblias e históricos da autenticidade da Igreja Católica

A Igreja é o Corpo Místico de Nosso Senhor Jesus Cristo. “ (...) Cristo é o chefe da Igreja, seu corpo ”. - Efésios 5,23; Os que abraçam a Verdadeira e...

Por que devemos e precisamos acreditar em tudo o que crê e ensina a Santa Igreja Católica?

A pergunta pode parecer uma pergunta óbvia para os mais próximos e banal para os mais arredios, mas é a linha que divide os verdadeiros dos falsos católico...

Precisamos acreditar em “tudo o que crê e ensina a Igreja Católica” ou sigo o que acho que é certo?

A pergunta pode parecer uma obviedade para os mais próximos e banal para os mais arredios, mas é a linha que divide os verdadeiros dos falsos católicos....

Como entender que a Igreja Católica é Santa e não erra?

A Igreja Católica é santa, porque ela nasceu pela misericórdia de Deus. Ela é de Instituição Divina. “Jesus é a Cabeça da Igreja, que é o seu corpo (...

A Bíblia qualifica ela própria ou a Igreja Católica como Coluna e Fundamento da Verdade?

É muito interessante que em 1 Tm 3,15 vemos não a Bíblia, mas a Igreja – isto é, a comunidade viva de crentes fundada sob Pedro e os apóstolos e mantida ...

Quais as Provas Bíblicas que Deus entregou sua Igreja a Roma?

A Fé católica é a Fé dos romanos apesar de nem todos os católicos do mundo serem católicos romanos por terem tradições culturais, históricas, teológic...

Onde está na Bíblia que a Igreja Católica é Apostólica e Romana?

CARTA AOS QUE ESTÃO EM ROMA: ROMANOS 1,7. “a todos os que estão em Roma, queridos de Deus, chamados a serem santos: a vós, graça e paz da parte de Deus, ...

A Igreja Católica é a prostituta do Apocalipse?

Conforme as palavras de São Paulo aos Colossenses, não deve o Cristão possuir sentimento de animosidade, ira e nem praticar a maledicência para enganar as ...

Catolicismo está crescendo acima da Média da População Mundial, dizem especialistas

Depois de décadas em queda, o número de católicos no mundo volta a crescer a uma taxa superior à expansão da população mundial. Dados oficiais do Vatica...

Quais são os 5 Mandamentos da Igreja Católica?E por que é pecado não segui-los?

Cristo deu poderes à Sua Igreja a fim de estabelecer normas para a salvação da humanidade. Ele disse aos Apóstolos: \'Quem vos ouve a mim ouve, quem vos r...

Por que a Igreja tem mais autoridade que a Bíblia?

Amigo, vai aqui um pouco de catequese para que nossas ideias sejam realmente católicas, fieis à constante Tradição Apostólica presente na Igreja de Cristo....

Provas que a Igreja dos primeiros séculos centralizava em Roma

A Igreja Primitiva era Romana. A supremacia de Roma e a Infalibilidade Papal são um dos dogmas católicos mais criticados. Esse é o motivo de Cisma por parte...

Jesus edificou uma Igreja Visível?

Quem vos ouve, a mim ouve; e quem vos rejeita, a mim rejeita; e quem me rejeita, rejeita aquele que me enviou. (Lc 10, 16)...

Igreja na Bíblia não é cada pessoa?

Se Igreja fosse PESSOA por que a bíblia diz que haverá UM GOVERNO NA IGREJA (1Co 12,28)?...

A Igreja é santa e pecadora? Como entender isso?

O leitor Luciano nos enviou essa mensagem na semana passada: Olá, gostaria que, se possível, me tirassem uma dúvida. Mas primeiro parabenizo pelo site, pela...

Como faço para encontrar a Verdadeira Igreja de Jesus?

Temos a verdade nas palavras de Jesus Cristo e o poder de refletir com a lógica básica para discernir essas palavras apropriadamente. Simplesmente observemos ...

Jesus fundou uma religião?

A maior falácia Protestante é dizer que Jesus não deixou religião e basta ter fé e crer em Jesus para ser salvo, sem precisar de nenhuma instituição. Or...

A Igreja somos nós? A Igreja é visível ou invisível? É uma Organização?

Em nenhum lugar na Bíblia você irá encontrar que a Igreja é invisível. Pelo contrário, em vez disso, irá encontrar referências em toda parte da Escritur...

Quem fundou a Igreja: Constantino ou Jesus Cristo? E quando surgiu o termo Catolica?

Com muita frequência, presenciamos pessoas sem estudo e conhecimento histórico falando bobagens dentro de universidades ou mesmo em igrejas protestantes. Se e...