A Igreja Católica fez a Bíblia(Lista dos Livros Canônicos) e a preservou?


Se não fosse a Igreja Católica, não existiria a Bíblia como a temos hoje, com os 73 livros canônicos, isto é, inspirados pelo Espírito Santo. Foi a Tradição apostólica que fez a Igreja discernir que escritos deviam ser enumerados na lista dos Livros Sagrados(DV 8; CIC,120). Portanto, sem a Tradição da Igreja não teríamos a Bíblia. Santo Agostinho dizia: “Eu não acreditaria no Evangelho, se a isso não me levasse a autoridade da Igreja Católica”.

 

 

Se não fosse a Igreja Católica, não existiria a Bíblia como a temos hoje, com os 73 livros canônicos, isto é, inspirados pelo Espírito Santo. “Foi a Tradição apostólica que fez a Igreja discernir que escritos deviam ser enumerados na lista dos Livros Sagrados”(DV 8; CIC,120). Portanto, sem a Tradição da Igreja não teríamos a Bíblia. Santo Agostinho dizia: “Eu não acreditaria no Evangelho, se a isso não me levasse a autoridade da Igreja Católica”

(CIC,119). Por que a Bíblia católica é diferente da protestante?

A protestante tem apenas 66 livros porque Lutero e, principalmente os seus seguidores, rejeitaram os livros de Tobias, Judite, Sabedoria, Baruc, Eclesiástico (ou Sirácida), 1 e 2 Macabeus, além de Ester 10,4-16; Daniel 3,24-20; 13-14.

No ano 100 o Sínodo de Jâmnia (ou Jabnes), feito pelos judeus , decidiu que o Antigo Testamento:

(1) deveria ter sido escrito na Terra Santa;
(2) escrito somente em hebraico, nem aramaico e nem grego;
(3) escrito antes de Esdras (455-428 a.C.);
(4) sem contradição com a Torá ou lei de Moisés.

A Bíblia Católica veio da Versão chamada "dos Setenta" de Alexandria ( 200 anos antes de Cristo), que incluiu os livros que os judeus de Jâmnia, por critérios nacionalistas, rejeitaram.
Pois a Igreja tinha e tem autoridade independente da dos judeus para definir quais livros eram inspirados ou não, do mesmo modo que decidiu o Novo Testamento.

Como havia no início do Cristianismo duas Bíblias judaicas: uma da Palestina (restrita) e a de Alexandrina (completa – Versão dos LXX). Os Apóstolos e Evangelistas optaram pela Bíblia completa dos Setenta (Alexandrina), considerando canônicos os livros rejeitados em Jâmnia.

Das 350 citações do Antigo Testamento que há no Novo, 300 são tiradas da Versão dos Setenta, o que mostra o uso da Bíblia completa pelos apóstolos. Verificamos também que nos livros do Novo Testamento há citações dos livros que os judeus nacionalistas da Palestina rejeitaram.

Por exemplo: Rom 1,12-32 se refere a Sb 13,1-9; Rom 13,1 a Sb 6,3; Mt 27,43 a Sb 2, 13.18; Tg 1,19 a Eclo 5,11; Mt 11,29s a Eclo 51,23-30; Hb 11,34 a 2 Mac 6,18; 7,42; Ap 8,2 a Tb 12,15.

Assim, a Igreja Católica, fundada por Cristo, sob a autoridade de Pedro, definiu quais seriam os livros do Novo Testamento e os do Antigo Testamento.

Nos mais antigos escritos dos santos Padres da Igreja (patrística) os livros rejeitados pelos protestantes (deutero-canônicos) são citados como Sagrada Escritura. São Clemente de Roma, Papa, no ano de 95 escreveu a Carta aos Coríntios, citando Judite, Sabedoria, fragmentos de Daniel, Tobias e Eclesiástico; livros rejeitados pelos protestantes.

Pastor de Hermas, no ano 140, faz amplo uso de Eclesiástico, e do 2 Macabeus;

Santo Hipólito (†234), comenta o Livro de Daniel com os fragmentos deuterocanônicos rejeitados pelos protestantes, e cita como Sagrada Escritura Sabedoria, Baruc, Tobias, 1 e 2 Macabeus.

Vários Concílios confirmaram isto: os Concílios regionais de Hipona (ano 393); Cartago II (397), Cartago IV (419), Trulos (692).

Principalmente os Concílios ecumênicos de Florença (1442), Trento (1546) e Vaticano I (1870).Lutero, ao traduzir a Bíblia para o alemão, traduziu também os sete livros (deuterocanônicos) na sua edição de 1534, e as Sociedades Biblícas protestantes, até o século XIX incluíam os sete livros nas edições da Bíblia.

“Pela Tradição torna-se conhecido à Igreja o Cânon completo dos livros sagrados e as próprias Sagradas Escrituras são nelas cada vez mais profundamente compreendidas e se fazem sem cessar, atuantes.” (DV,8). A Bíblia não define o seu catálogo; isto é, não há um livro da Bíblia que diga qual é o índice dela.

Assim, este só pode ter sido feito pela Tradição dos apóstolos, pela tradição oral que de geração em geração chegou até nós, e que os protestantes não têm, nem tiveram. A Vulgata – O Papa São Dâmaso (366-384), no século IV, pediu a S.Jerônimo que fizesse uma revisão das muitas traduções latinas que havia da Bíblia.

São Jerônimo revisou o texto grego do Novo Testamento e traduziu do hebraico o Antigo Testamento, dando origem ao texto latino chamado de Vulgata, usado até hoje.

Durante séculos, a Igreja manteve o texto sagrado da Vulgata intatcto e protegido através dos monges copistas da Idade Média, já que não havia imprensa e era necessário copiar todo o texto.

Os monges dedicavam toda sua vida à cópia do texto sagrado ornamentando as páginas com arte e amor.

Para se proteger das heresias, a Igreja durante a Idade Média, só permitia o acesso de pessoas instruídas em sua Tradição e em seu Magistéria ao texto da Bíblia, para que não houvesse deturpação do que está escrito.

Para interpretar e entender a Bíblia é necessário estudo catequético e bíblico se não erros de interpretação sobre aspectos diversos podem surgir, pois se pegarmos citações soltas ao pé da letra, vamos começar a tirar conclusões erradas sobre a fé como o uso de imagens, a virgindade de Maria, os dogmas da divindade de Jesus e da Trindade, etc.

Daí, a Igreja , na Idade Média, ter assumido a atitude radical de proibir a leitura da Bíblia aos que não tivessem formação adequada. Hoje, vemos claramente como a livre interpretação da Bíblia produz péssimos efeitos em nosso meio: cada um a usa para fundar sua própria igreja; cada um justifica seus vícios ou erros com a Bíblia na mão; a Bíblia é usada para justificar assassinatos, fanatismo, violências, exploração financeira dos mais simples, etc.

FONTE:

https://blog.cancaonova.com/felipeaquino/2009/09/02/a-igreja-catolica-e-a-biblia/

 

Só vale a Bíblia ou é a Igreja que explica a Bíblia?

Fundamento da babel protestante: só a Bíblia (sola scriptura).Sola scriptura: a Bíblia é a única fonte de fé do cristão inspirado infalivelmente pelo Esp...

Quais dessas seitas contradiz mais a Bíblia em relação ao Livre Exame da Bíblia?

Diz um católico, em meio a uma discussão com um pregador protestante: “Mudarei de religião se o senhor, pastor, provar que a sua interpretação da Bíblia...

Qual o significado dos Talentos que Jesus falou na Bíblia?

Hoje iremos meditar o Evangelho do talentos. Infelizmente, no passado, o significado desta parábola foi habitualmente confundido, ou pelo menos muito reduzi...

Quando surgiu, quem criou e como está definido o Cânon Bíblico?

Pergunta interessante, pena que nenhum protestante saberá responder, pois a única resposta deles é que a Bíblia foi inspirada por Deus, mas como a Bíblia...

A Igreja Católica já proibiu o povo de Ler a Bíblia? E quem inventou a divisão da Bíblia em Capítulos e Versículos?

É praxe da apologética desonesta protestante, se valer de fatos históricos distorcidos e adulterados, no intuito de angariar alguma prova que incrimine a Ig...

Você sabe como os Livros da Bíblia foram escritos?

Os textos da Bíblia começaram a ser escritos desde os tempos anteriores a Moisés (1200 a.C.). Escrever era uma arte rara e cara, pois se escrevia em tábuas...

Vejas as respostas que a Bíblia dar as Acusações feitas pelos Protestantes aos Católicos:

Para ajudar o povo católico a defender-se destas injustas acusações, e saber rechaçá-las, fornece-lhes este livrinho as respostas bíblicas na sua verdade...

Quais as Provas que a Bíblia foi feita por Católicos e para Católicos?

A bíblia surgiu da TRADIÇÃO católica. Se nao fosse a Igreja a bíblia nem existiria. Na época dos monges copistas, os monges copiaram a bíblia A MÃO dura...

Como Entender que foi a Igreja Católica que fez a Bíblia?

Antigamente a Bíblia não era em forma de Livro, era em PAPIRO, e uma bíblia inteira como nós temos Hoje era do tamanho quase de uma biblioteca inteira! Nes...

Quais foram as contribuições Católicas para a Bíblia?

O próprio Lutero disse: “foi um efeito do poder de Deus que o papado preservou, em primeiro lugar, o santo batismo; em segundo, o texto dos Santos Evangelhos...

Por que Lutero tirou 7 Livros da Bíblia? E Quais foram?

É sempre bom repetir para quem ainda não sabe: A Bíblia protestante não contém os livros deuterocanônicos do Antigo Testamento - Tobias, Judite, os dois l...

Como distinguir os Livros inspirados por Deus?

Quais os critérios para se discernir se um livro é inspirado por Deus ou não?...

Existe adulterações nas Bíblias Protestante?

Foram terríveis os prejuízos causados pelos tradutores protestantes em todas as suas tentativas de traduzir as Sagradas Escrituras. ...

12 Verdades Bíblicas contra os protestantes

E que como autênticos cristãos, devemos conhecer...

O que faz alguém hoje acreditar que os 27 livros do novo testamento são verdadeiros se foi a Igreja Católica quem os definiu como verdadeiro?

Se alguém nega a Igreja Católica, mãe da Bíblia, como pode crer na Bíblia? É incoerência braba. Jesus Cristo lia o Antigo testamento. Ele mesmo instituiu...

O que a Bíblia tem a nos dizer sobre as atuais 70.000 diferentes seitas protestantes espalhada pelo mundo que brigam entre si?

A resposta está na Sagrada Escritura: “Não fareis nesse lugar o que nós fazemos hoje aqui, onde cada um faz o que bem lhe parece.” (Deuteronômio 12,8). ...