Por que Nossa Senhora é Mãe da Igreja?


Deus querendo realizar a redenção do mundo, ‘quando veio à plenitude do tempo, enviou seu Filho, feito da mulher, para que recebêssemos a adoção de filhos’ (Gálatas 4, 4,5). A Igreja, desde os os primeiros anos do cristianismo, sempre venerou Maria como Mãe da Igreja. Cristo é a cabeça da Igreja, (Ef 1,22) nós seus membros, (1Cor 12:27). Se Maria é Mãe de Jesus cabeça, não poderá deixar de ser também mãe dos seus membros. Maria é mãe de todos os homens pela graça de Cristo Redentor

Saiba por que Nossa Senhora é a grande intercessora da Igreja

“Deus benigníssimo e sapientíssimo, querendo realizar a redenção do mundo, ‘quando veio à plenitude do tempo, enviou seu Filho, feito da mulher, para que recebêssemos a adoção de filhos’ (Gl 4,4-5). ‘Este, por amor de nós homens e para a nossa salvação, desceu dos céus e se encarnou por obra do Espírito Santo, de Maria Virgem’ (Symbolum Constantinopolitanum). Esse mistério divino de salvação se nos revela e perpetua na Igreja que o Senhor constituiu como Seu Corpo. Unidos a Cristo como Cabeça e em comunhão com todos os seus santos, os fiéis devem venerar também a memória ‘primeiramente da gloriosa sempre Virgem Maria, Mãe de Deus e de nosso Senhor Jesus Cristo’ (Missal Romano).”

A Igreja, desde os primórdios do cristianismo, sempre venerou Maria como Mãe da Igreja, embora esse título tenha sido dado, solenemente, em 1964, pelo Papa Paulo VI. Existe uma razão lógica para esse fato, ela é Mãe de Jesus, cabeça da Igreja, e a Igreja é Corpo místico de Cristo. Por essa razão, Maria é mãe de todos que nasceram pelo Cristo.

Confirma-nos a Constituição Dogmatica Lumen Gentium que “pelo dom e missão da maternidade divina, que a une a seu Filho Redentor, e pelas suas singulares graças e funções, está também a Virgem intimamente ligada à Igreja: a Mãe de Deus é o tipo e a figura da Igreja, na ordem da fé, da caridade e da perfeita união com Cristo” (Lumen Gentium, n. 63). Vemos, desse modo, a clara ligação de Maria com a Igreja. É uma ligação tão íntima, que não dá para lermos a história da salvação sem a relacionarmos com a pessoa da Virgem Maria.

Maria é imagem e semelhança de Deus

Do ponto de vista antropológico, a Virgem Maria pode ser vista como modelo humano que mais se aproxima da verdadeira imagem e semelhança de Deus. Além do mais, Ela pode servir como “modelo eminente e único de virgem e mãe, porque, acreditando e obedecendo, gerou na terra, sem ter conhecido varão, por obra e graça do Espírito Santo […] E deu à luz um Filho, que Deus estabeleceu primogênito de muitos irmãos (Rom 8,29), isto é, dos fiéis, para cuja geração e educação Ela coopera com amor de mãe” (Lumen Gentium, n.63).

Paulo VI, que dera a Maria o título oficial de ‘Mãe da Igreja’, desenvolveu o tema na Exortação Apostólica sobre o Culto a Virgem Maria, fala dela como modelo de quem sabe ouvir e acolher a Palavra de Deus com fé. Essa é uma missão específica da Igreja: escutar, acolher, proclamar, venerar e distribuir a Palavra de Deus como pão de vida (Marialis Cultus, n. 17).

Maria é intercessora

Outro modelo de Nossa Senhora é ser orante e intercessora. “Maria é, além disso, a Virgem dada à oração. Assim nos aparece ela, de fato, na visita à mãe do Precursor, quando o seu espírito se funde em expressões de glorificação a Deus, de humildade, fé e esperança” (Marialis Cultus, n. 18). Ora, a Igreja, todos os dias, apresenta ao Pai as necessidades de seus filhos, louva sem cessar o Senhor e intercede pela salvação do mundo.

Leia mais:
.: Por que Maria é estritamente ligada a Cristo?
.: O segredo de Maria nos aprofunda no amor de Deus
.: Conheça a humildade divina da Santíssima Virgem Maria
.: A devoção a Virgem Maria é necessária para a salvação?

O Concílio Vaticano II apresenta ainda Maria Virgem e Mãe. Possui, desse modo, uma “maternidade prodigiosa, constituída por Deus protótipo e modelo da fecundidade da Virgem-Igreja e, a qual, por sua vez, se torna também mãe, dado que, com a pregação e com o batismo gera para vida nova e imortal os filhos concebidos por ação do Espírito Santo e nascidos de Deus” (Lumen Gentium, n. 64).

Maria é parte essencial da Igreja, e isso implica dizer que a Igreja está dentro de Maria e Maria está dentro da Igreja. Essa verdade está explícita pelas palavras do Papa João Paulo II, na Encíclica Redemptoris Mater, onde ele diz: “Existe uma correspondência singular entre o momento da Encarnação do Verbo e o momento do nascimento da Igreja. E a pessoa que une esses dois momentos é Maria: Maria em Nazaré e Maria no Cenáculo de Jerusalém” (Redemptoris Mater, n. 24).

Maria, Mãe da Igreja

Cristo é a cabeça da Igreja, (Ef 1,22) nós seus membros, (1Cor 12:27). Se Maria é Mãe de Jesus cabeça, não poderá deixar de ser também mãe dos seus membros. Maria é mãe de todos os homens pela graça de Cristo Redentor.

Em suma, a partir do que refletimos, podemos dizer que Maria é Mãe da Igreja pelo menos por dois motivos. O primeiro e mais importante, ela é mãe de Jesus Cristo, por isso mesmo tem uma particular colaboração na nova economia da salvação, isto é, o Filho de Deus assume dela a natureza humana, de modo a libertar o homem do pecado mediante o mistério de Sua carne. O segundo, não menos importante, em toda a comunidade dos eleitos, ela é o melhor e mais perfeito modelo de virtude.

Fonte: https://formacao.cancaonova.com/igreja/catequese/por-que-nossa-senhora-e-mae-da-igreja/

 

Provando que Maria é a mulher do Gênesis ao Apocalipse

A exegese atribui a MULHER do Gênesis também a Maria: “Porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua descendência e a dela; esta te ferirá a cabeça...

Maria teve outros filhos, os supostos irmãos de Jesus?

Os nossos irmãos separados declaram e afirmam que Maria teve sim outros filhos com José.. pegaram um versículo ALEATÓRIO e afirmam que eram filhos autêntic...

5 Fatos que a Ciência não consegue explicar sobre Nossa Senhora de Guadalupe

Conheça alguns fatos que a ciência até hoje não consegue explicar. Nem mesmo a NASA conseguiu desvendar. ...

Há base bíblica para afirmar que Maria é rainha do universo? E a Coroação, também tem base bíblica?

Nossos irmãos protestantes ficam chocados quando ouvem que nós católicos nos referimos à Maria como “Rainha do Universo”. E para tentar justificar a s...

O menino que, guiado pela Virgem, revelou ao Papa o dogma da Assunção

Aos 4 anos foi portador de uma mensagem de Maria Santíssima, na qual se lhe ordenava que a sua missão era ir até ao Papa Pio XII para lhe transmitir o que a ...

Curso Completo de Consagração Total a Nossa Senhora por S. Luís Maria Grignion de Montfort

Este curso faz parte do canal @padrepauloricardo que foi reunindo em um só para facilitar para aqueles que desejam consagrar a Maria ao metodo de S. Luís G...

Por que Maria é considerada Mãe da Igreja?

Maria é a Mãe da Igreja por ser a Mãe de Cristo, Cabeça da Igreja, que é o seu Corpo Místico, Maria é também Mãe da Igreja. “Deus benigníssimo e sa...

Maria é Verdadeira Mãe de Deus? Como assim?

A Escritura nos diz expressamente que Maria é a Mãe de Jesus: “Maria, da qual nasceu Jesus, chamado Cristo” (Mt 1, 16). “Estavam junto à cruz de Jesus,...

Veja como foi a consagração do Brasil a Maria com a participação do Presidente do Brasil

Presidente Jair Bolsonaro participou de Ato de Consagração do Brasil a Jesus Cristo por Meio do Imaculado Coração de Maria....

7 coisas que precisa saber sobre Nossa Senhora de Fátima

A aparição de Nossa Senhora de Fátima, aprovada pela Santa Sé, é a mais conhecida do século XX, particularmente pelo terceiro segredo que Maria revelou ao...

Provas Lógicas e Bíblicas da Intercessão de Maria

O Evangelho de São João coloca duas frases ditas pela Virgem Maria. Segundo esse evangelho, Maria as pronunciou no pequeno povoado galileu de Caná, situado ...

Existe Nossa Senhora Aparecida na Bíblia?

Nossa Senhora Aparecida é um dos muitos títulos dados à Mãe de Jesus. E, por isso, toda vez que encontramos alguma referência à Maria na Bíblia aí está...

O Rosário é Bíblico?

A intenção do texto não é esgotar a teologia em torno do Rosário, mas apenas demonstrar superficialmente que não existe oposição entre esta devoção e ...

Maria foi Concebida sem Pecado? A Bíblia responde

Romanos 3,23 diz com efeito, todos pecaram e todos estão privados da glória de Deus. 1 João 1,8 acrescenta se dizemos que não temos pecado, enganamo-nos a n...

Por que os católicos veneram Maria? A Bíblia responde

O que a Bíblia realmente nos diz a respeito da piedade que os fiéis, desde os primeiros séculos, têm à Mãe de seu Salvador? Será que os católicos têm m...

Quais as provas Lógicas e Bíblicas que Maria é Imaculada?

“Entrando, o anjo disse-lhe: Ave, cheia de graça, o Senhor é contigo” (Lc 1,28). A Imaculada Conceição da Virgem Maria é uma Verdade, que a Igreja disc...

Como provar a Virgindade de Maria antes, durante e depois do Parto?

Desde o início do cristianismo Maria Santíssima é venerada como “Áiepartenon”, isto é, “Sempre Virgem”. A maioria dos cristãos acredita na virgind...