O menino que, guiado pela Virgem, revelou ao Papa o dogma da Assunção


Aos 4 anos foi portador de uma mensagem de Maria Santíssima, na qual se lhe ordenava que a sua missão era ir até ao Papa Pio XII para lhe transmitir o que a Virgem lhe tinha comunicado. A fantástica história Guilles Bouhours, e o milagre que marcou o pontificado do Papa Pio XII – Dogma da Assunção de Nossa Senhora.

Gilles Bouhours nasce em 27 de Novembro de 1944, em Bergerac, sul de França. Quando tinha apenas 1 ano, foi curado milagrosamente, graças à intercessão de Santa Teresinha do Menino Jesus. Aos 4 anos foi portador de uma mensagem de Maria Santíssima, na qual se lhe ordenava que a sua missão era ir até ao Papa Pio XII para lhe transmitir o que a Virgem lhe tinha comunicado.

 

Gil, desde pequenino tinha muita piedade,  rezava longas horas e era visto fazendo penitência. E com apenas três anos de idade,  um dia apresentou-se diante de seu pai e disse: “Pai, a SMA. VIRGEM deu-me uma mensagem que eu tenho que passar o para o Papa. Devo ir vê-lo”.

 No início, o pai não levou o assunto a sério, mas o pequeno Gil insistiu nessa missão por dois anos. E sua mãe por curiosidade perguntou-lhe  como era a mensagem. A resposta foi imediata: “Mãe, a mensagem não é  para você, é para o papa!” Em uma ocasião o pai perguntou-lhe: “E você sabe quem é o Papa?” GIL responde: “o Papa é o Papa e eu tenho que dar a mensagem da Virgem!”

 

 Os vizinhos cientes deste fato,  ofereceram  para pagar a viagem  do menino e seu pai a Roma.  E no ano do Senhor de 1949, finalmente partiu.  

Durante a viagem  o senhor BOUHOURS tinha este pensamento, com que cara iria tocar as portas do Vaticano e dizer “Eu preciso de uma audiência com o Papa, mas não para mim, mas para meu filho de 5 anos!?”

 

E quando chegaram a Roma, hospedaram-se num colégio francês. A princípio, ninguém  sabia de sua chegada, que ocorreu numa terça-feira. No dia seguinte, um  emissário do papa perguntou na portaria  do colégio, se uma criança da região de Lourdes, havia se hospedado ali. E quando o pai se inteirou deste fato, ficou maravilhado. Como o papa ficou sabendo da sua chegada? De qualquer modo, foi um alívio saber que a audiência foi facilitada de maneira extraordinária. A entrevista seria no dia seguinte,  numa quinta-feira, no dia 10 de dezembro de 1949.

 Um secretário recebe e leva a criança para falar com sua santidade o papa, e seu pai ficou esperando do lado de fora cerca de uma hora.

Nota: as audiências com o papa raramente duravam mais que 20 minutos.

Ao final da audiência, o mesmo papa tomando a criança pelas mãos, devolve o pequeno para o seu pai, agradeceu e lhe disse: “Há tempos que peço ao céu que me dê uma confirmação, um sinal claro de aceitação  do céu,  de um dogma que desejo declarar. E seu filho me trouxe uma mensagem da Santíssima Virgem Maria”.

Nada se sabe da entrevista do Papa com o menino, que teve lugar em Maio de 1950, exceto o que o Pontífice deu a conhecer: o menino comunicou-lhe, da parte da Mãe de Deus, que esta Senhora, depois da sua vida mortal, subiu ao Céu em corpo e alma.

Precisamente, o Papa Pio XII havia pedido a Nosso Senhor um sinal sobrenatural para decidir-se a proclamar o dogma da Assunção de Maria. O pequeno Gilles foi o sinal que o Céu outorgou ao Pontífice, e assim, em 1 de Novembro de 1950, foi proclamado o Dogma da Assunção de Nossa Mãe Celestial.

Leia também: Santo do Dia – 15 de Agosto – Solenidade da Assunção de Nossa Senhora

A partir dos seus quatro anos, o pequeno Gilles teve autorização para comungar. A sua devoção a Jesus Sacramentado era extraordinária. Também desde a mais tenra idade manifestou o seu desejo de ser sacerdote e missionário. Em 12 de Junho de 1949 fez a Primeira Comunhão, e dois meses depois manteve o seguinte diálogo com um missionário conhecido:

– Que queres ser quando fores grande?
– Sacerdote.
– E porquê queres ser sacerdote?
– Para pôr Jesus na Hóstia Sagrada.
– Não gostavas também de ser missionário?
– Que quer dizer missionário?
– É um sacerdote que faz com que se amem muito a Jesus e a Maria.
– Sim, sim, claro que gostaria de ser missionário.

Este desejo chegou a ser nele como uma obsessão, traduzindo-se numa fome insaciável do Pão dos Anjos. Não temia a frio, nem nada deste mundo, quando ia comungar.

O seu recolhimento era algo insólito e nada usual. Inclusivamente chegou – nunca como um jogo, ou para se divertir – a celebrar “Missas Brancas”, o que significava recitar num altar, disposto num compartimento de sua casa, todas as orações da Missa, tais como as diz o sacerdote, do princípio ao fim, sem que se produzisse a Consagração, como é lógico, mas revestido com os paramentos que previamente lhe tinham confeccionado para esse efeito, tendo em conta a sua estatura.

 

Os sermões que pregava às pessoas que presenciavam estas cerimônias, dignas de um anjo, eram cheios de profundidade e fervor, sem erro algum. É preciso dizer-se que, quando se entrevistou com Sua Santidade o Papa Pio XII, cantou a antífona litúrgica “Parce Domine”, com os braços em cruz e como o ensinou a Santíssima Virgem.

 

Certo dia protestou durante a refeição, porque não gostava muito da sopa. Tinha 5 anos. Seu pai disse-lhe que isso não agradava à Santíssima Virgem, porque era um capricho tolo. O menino, então, comeu a sopa toda sem recalcitrar e quando acabou, disse: «Papá, dá-me um pouco mais. Está tão boa, esta sopa!»

Seguidamente, transcreve-se uma pequena parte de um sermão que Gilles pronunciou em 13 de Setembro de 1952:

«Hoje vamos falar da Paixão de Jesus. Estava no Jardim das Oliveiras com três dos seus Apóstolos. Sabia muito bem que havia um que O ia atraiçoar e que se acercava d’Ele com má intenção. Era em plena noite, e Jesus encontrava-se sob o peso dos pecados dos homens. E orava a seu Pai, dizendo: Que este cálice… Então, dirigindo-se aos seus Apóstolos, que dormiam, disse-lhes: “Não podeis velar uma hora co’Migo? Vigiai e orai, porque vão entregar o Filho do Homem”.»

Admiráveis expressões na boca de uma criança. Muito poucos anos depois, Nosso Senhor levá-lo-á para o Céu.

Em 24 de Fevereiro de 1960 Gilles cai doente, com um misterioso torpor que nenhum médico conseguiu diagnosticar. Ao cabo de 48 horas, e após receber os últimos Sacramentos, o adolescente (15 anos) morre. Antes de expirar, disse: «Vou morrer, mas não choreis. Estou bem e contente.»Seguidamente, juntou as mãos e orou assim: «Meu Deus, peço-Vos perdão de todos os meus pecados… Senhor meu, Jesus Cristo, Deus e Homem verdadeiro…»

 

Entregou a sua alma a Deus em 26 de Fevereiro de 1960, às 6 horas da manhã. No seu túmulo estão gravadas estas palavras, que ele mesmo disse:

“Amai a Deus e a Santíssima Virgem. Oferecei-Lhes todos os vossos sofrimentos e assim recuperareis a paz da alma.” 

Gilles Bouhours
https://templariodemaria.com.br/o-menino-que-guiado-pela-virgem-revelou-ao-papa-o-dogma-da-assuncao/?fbclid=IwAR0_TYmR7AtBXyK7SwmnoTXnOuTICtdvuHetyA0AiPjGsrugQwq4V-1JfZY

Há base bíblica para afirmar que Maria é rainha do universo? E a Coroação, também tem base bíblica?

Nossos irmãos protestantes ficam chocados quando ouvem que nós católicos nos referimos à Maria como “Rainha do Universo”. E para tentar justificar a s...

Curso Completo de Consagração Total a Nossa Senhora por S. Luís Maria Grignion de Montfort

Este curso faz parte do canal @padrepauloricardo que foi reunindo em um só para facilitar para aqueles que desejam consagrar a Maria ao metodo de S. Luís G...

Por que Maria é considerada Mãe da Igreja?

Maria é a Mãe da Igreja por ser a Mãe de Cristo, Cabeça da Igreja, que é o seu Corpo Místico, Maria é também Mãe da Igreja. “Deus benigníssimo e sa...

Maria é Verdadeira Mãe de Deus? Como assim?

A Escritura nos diz expressamente que Maria é a Mãe de Jesus: “Maria, da qual nasceu Jesus, chamado Cristo” (Mt 1, 16). “Estavam junto à cruz de Jesus,...

Veja como foi a consagração do Brasil a Maria com a participação do Presidente do Brasil

Presidente Jair Bolsonaro participou de Ato de Consagração do Brasil a Jesus Cristo por Meio do Imaculado Coração de Maria....

7 coisas que precisa saber sobre Nossa Senhora de Fátima

A aparição de Nossa Senhora de Fátima, aprovada pela Santa Sé, é a mais conhecida do século XX, particularmente pelo terceiro segredo que Maria revelou ao...

Provas Lógicas e Bíblicas da Intercessão de Maria

O Evangelho de São João coloca duas frases ditas pela Virgem Maria. Segundo esse evangelho, Maria as pronunciou no pequeno povoado galileu de Caná, situado ...

Existe Nossa Senhora Aparecida na Bíblia?

Nossa Senhora Aparecida é um dos muitos títulos dados à Mãe de Jesus. E, por isso, toda vez que encontramos alguma referência à Maria na Bíblia aí está...

O Rosário é Bíblico?

A intenção do texto não é esgotar a teologia em torno do Rosário, mas apenas demonstrar superficialmente que não existe oposição entre esta devoção e ...

Maria foi Concebida sem Pecado? A Bíblia responde

Romanos 3,23 diz com efeito, todos pecaram e todos estão privados da glória de Deus. 1 João 1,8 acrescenta se dizemos que não temos pecado, enganamo-nos a n...

Por que os católicos veneram Maria? A Bíblia responde

O que a Bíblia realmente nos diz a respeito da piedade que os fiéis, desde os primeiros séculos, têm à Mãe de seu Salvador? Será que os católicos têm m...

Quais as provas Lógicas e Bíblicas que Maria é Imaculada?

“Entrando, o anjo disse-lhe: Ave, cheia de graça, o Senhor é contigo” (Lc 1,28). A Imaculada Conceição da Virgem Maria é uma Verdade, que a Igreja disc...

Como provar a Virgindade de Maria antes, durante e depois do Parto?

Desde o início do cristianismo Maria Santíssima é venerada como “Áiepartenon”, isto é, “Sempre Virgem”. A maioria dos cristãos acredita na virgind...